NÃO ERRE NA HORA DE COMPRAR UM CAPACETE

NÃO ERRE NA HORA DE COMPRAR UM CAPACETE

Sem dúvidas, o capacete é um dos itens mais importantes para motociclistas. Além de complementar o visual da moto, ele garante mais segurança para o piloto. Para fazer uma escolha certeira, é preciso ficar atento a vários detalhes, que fazem toda a diferença no conforto e também na proteção em caso de acidentes.

capacete

Capacetes caros são os melhores?

Muita gente se engana ao simplesmente escolher o capacete mais caro da loja, esquecendo que é preciso levar em conta várias coisas na hora de escolher. Claro que o preço influencia na qualidade dos acabamentos e na resistência, mas não é só isso. Uma preocupação que deve ser tomada é com o comprometimento da visão – o capacete nunca deve diminuir a visibilidade ou a visão periférica. Por isso, experimente o capacete e veja se enxerga bem, depois vire a cabeça para os dois lados e perceba se ele está encaixado de maneira confortável na sua cabeça.
Já conferiu a qualidade do capacete e sabe que ele é seguro? Agora é hora de observar as viseiras, que tem a função de proteger seus olhos. Ah, e não se esqueça que as leis de trânsito permitem que se abra um pouco a viseira pra deixar um pouco de ar entrar, mas ela deve estar sempre cobrindo seus olhos para evitar que obstáculos entrem durante a condução.

Existem viseiras de vários modelos e tonalidades diferentes. Existem opções também com verniz anti embaçamento (super útil para dias mais úmidos) e com tratamento anti risco. Uma boa dica é observar se o modelo de capacete que você está escolhendo dá a possibilidade de trocar a viseira, assim você poderá obter uma separadamente e garantir que poderá ser substituída.

Como devo cuidar do meu capacete?

Agora que você já fez uma boa escolha, é preciso cuidar bem do seu capacete e garantir que ele dure mais tempo. O cuidado também deve ser feito por questões de higiene, até porque a sujeira pode causar mal cheiro e até mesmo acumular bactérias e fungos.

A limpeza externa irá garantir que o capacete fique bonito por mais tempo. Lembre-se de olhar o manual do fabricante, mas via de regra a dica é utilizar sabão neutro e água com um pano macio. Tome cuidado com produtos fortes. Capacetes de policarbonato, por exemplo, podem ser altamente danificados se entrarem em contato com produtos à base de petróleo. Mas, sem exageros! Polir o capacete em excesso pode acabar destruindo o acabamento do produto e deixando ele brilho. Cuidar do interior do capacete é muito importante inclusive para a sua saúde. Hoje, a maioria dos modelos possuem o interior lavável, bastando apenas lavar com água e sabão neutro e deixar secar ao ar livre. Consultar o manual do fabricante é indispensável e evita defeitos por mal uso.
Alguns hábitos também são importantes para garantir seu capacete sempre conservado. Um deles é sempre guardá-lo em locais frescos de baixas temperaturas, nunca em locais muito frios ou muito quentes, evitando guardar perto de produtos tóxicos. Siga essas dicas e você terá seu capacete em bom estado por muito tempo.

Como saber qual é a hora de trocar o capacete?

Existe uma série de debates em relação a esse assunto. Acontece que os fabricantes indicam um prazo de 3 anos de uso, mas a legislação não estabelece nenhum tipo de prazo de validade. O condutor não pode ser multado com base em um prazo de validade, mas se o capacete estiver em más condições de uso, ele poderá sofrer punições.

Veja quais são as recomendações em relação à vida útil do capacete:

– Não ter sofrido queda forte;
– Todas as peças devem ser originais, você não pode alterar seu capacete;
– Espuma interna firme, de forma que o capacete encaixe-se perfeitamente na cabeça;
– Possua selo do INMETRO ou etiqueta interna comprovando a sua certificação.

Vale sempre lembrar, não é a estética, nem o fato de se você vai levar multa ou não, a principal função do capacete é salvar sua vida se um dia for necessário.

Envie seu comentário